Marco Aurélio repreende advogada por ser tratado de “você”. Veja o vídeo

"Presidente, novamente, advogado se dirige aos integrantes do tribunal como 'vocês'. Há de se observar a liturgia", interrompeu o ministro, indignado


Equipe Focus
focus@focus.jor.br

A advogada Daniela Lima de Andrade Borges, da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), foi repreendida pelo ministro do STF, Marco Aurélio Mello, durante a sessão do Supremo nesta quarta-feira, 6. O motivo: se dirigiu aos ministros com o pronome pessoal “vocês” quando deveria ter usado o pronome de tratamento “excelências”.

“Presidente, novamente, advogado se dirige aos integrantes do tribunal como ‘vocês’. Há de se observar a liturgia”, interrompeu o ministro, indignado. “É uma doutora, professora”, acrescentou. Mais cedo, Mello já havia repreendido o advogado Renato Guilherme Machado Nunes em sua sustentação, pelo mesmo motivo.

Sem jeito, a advogada pediu desculpas: “peço desculpas a Vossa Excelência. Talvez pelo nervosismo. É? Voc?. O senhor, Vossa Excelência tem toda a razão. Peço desculpas. É o que posso fazer no momento”, e continou sua argumentação.

Já no final, quase chamou os ministros novamente de “vocês”, mas corrigiu a fala a tempo.