M.Dias Branco bate R$ 1,89 bilhão de receita líquida e cresce 26,8%

A companhia cearense explica que a elevação se deve ao crescimento do preço médio em todas as categorias de produtos e expansão dos volumes em biscoitos, massas e farinha e farelo


M.Dias Branco. Foto: Divulgação

Átila Varela
atila@focus.jor.br

A M.Dias Branco registrou R$ 1,89 bilhão de receita líquida no 1º trimestre de 2022. É o que revela a companhia em seu relatório divulgado nesta sexta-feira, 13.

O montante é 26,8% superior ao contabilizado no mesmo período de 2021 (R$ 1,49 bilhão).

A companhia cearense explica que a elevação se deve ao crescimento do preço médio em todas as categorias de produtos e expansão dos volumes em biscoitos, massas e farinha e farelo.

A empresa encerrou o 1º trimestre de 2022 com EBITDA de R$ 88,9 milhões , crescimento de 87,6% vs. o 1T21, e margem EBITDA de 4,7%, aumento de 1,5 p.p.

“O aumento do EBITDA e da margem deve-se ao crescimento das vendas, com aumento de preço médio e crescimento dos
volumes, e aos ganhos de produtividade e eficiência em nossa estrutura de custos e despesas”, pontua a companhia.

A M.Dias também encerrou o período com R$ 37,8 milhões de lucro líquido, , crescimento de 152,0% vs. 1T21, motivado principalmente pelo crescimento do EBITDA de 87,6%.

Com relação aos investimentos, foram totalizados R$ 50,2 milhões. Destaque para: (i) investimentos em sistemas; (ii) equipamentos para unidade moageira de Bento Gonçalves; e (iii) redução de gramatura.