Latam suspende transporte de pets por 30 dias após morte de animais

No caso mais recente, um cão da raça American Bully morreu ao ser transportado no porão pela companhia em um voo entre Guarulhos e Aracaju


Aeronave da Latam. Foto: Divulgação Latam

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

A Latam suspendeu o transporte de pets por 30 dias após a morte de dois animais.

No caso mais recente, um cão da raça American Bully morreu ao ser transportado no porão pela companhia em um voo entre Guarulhos e Aracaju.

A nutricionista Giulia Conte, irmã do tutor, contou o caso nas redes sociais, e culpou a empresa pelo óbito. O laudo, segundo a aérea, mostra que o cachorro morreu por asfixia por roer a caixa em que era transportado, mas afirma ter seguido os protocolos para transporte de animais.

“A Latam está acompanhando o caso e segue à disposição para prestar toda a assistência aos tutores do cão”, disse a empresa em nota.