Kora Saúde compra Otoclínica, consolida 3ª aquisição no Ceará e já afirma ser o maior do Estado no setor hospitalar

Comprador avisa que ainda está de olho em novos negócios no Estado. O valor da transação foi de R$ 248 milhões.


Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O grupo Kora Saúde celebrou a aquisição de 80% do tradicional grupo hospitalar cearense OTO. Na aquisição, levou o conhecido Hospital Otoclínica, na avenida Antônio Sales. O fato relevante foi divulgado nesta segunda-feira, 11.

O negócio complementa a malha hospitalar do Kora em Fortaleza. Recentemente, foram adquiridos os tradicionais hospitais Gastroclínica e São Matheus.

Elias Leal, dirigente do Kora, relatou ao Brazil Journal que os negócios no Ceará não vão parar. “Acreditamos que ainda há espaço para crescer em Fortaleza. Tanto pelo aumento no número de leitos quanto pelo aumento da oferta de serviços de não internação, como imagem, laboratório e oncologia”.

O valor da transação é de R$ 248 milhões, sendo R$ 140 milhões à vista na data de fechamento; R$ 79 milhões a prazo ao longo dos próximos 6 anos e R$ 29 milhões por meio de troca de ações das participações da companhia nos hospitais Gastroclínica e São Mateus.

O Hospital Otoclinica Matriz conta com 194 leitos, sendo 44 leitos de UTI, 11 salas de cirurgia, hemodinâmica e parque completo de diagnósticos.

Além do hospital, o grupo conta com centro avançado com pronto atendimento, consultórios e hospital dia na região sul da cidade, 6 unidades de análises clínicas, quatro unidades de imagem.

segundo texto do Estadão Conteúdo, as aquisições no Ceará nos últimos três meses, tornam a Kora Saúde – nas palavras da empresa – “o maior grupo hospitalar do Ceará, totalizando 449 leitos”.

O fechamento da Operação está sujeito ao cumprimento de certas condições precedentes usuais para operações da mesma natureza. O preço de aquisição, por sua vez, está sujeito a ajuste com base na variação do endividamento líquido e capital de giro do Grupo OTO a serem verificados na data de fechamento da transação.

No negócio fechado entre o grupo Kora e o grupo OTO, serão pagos R$ 140 milhões à vista, na data de fechamento, R$ 79 milhões ao longo dos próximos 6 anos e R$ 29 milhões por meio de troca de ações das participações da Companhia nos Hospitais Gastroclinica e Hospital São Mateus (ambos localizados em Fortaleza) que serão incorporados ao Grupo OTO.