Justiça Federal do Ceará suspende nomeação do presidente da Fundação Palmares

Sérgio Nascimento de Camargo havia sido nomeado pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. O ato consta no Diário Oficial do dia 27 de novembro


Sérgio Nascimento de Camargo
Sérgio Nascimento de Camargo. Foto: Divulgação Facebook

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

A Justiça Federal do Ceará determinou a suspensão da nomeação de Sérgio Nascimento Camargo como presidente da Fundação Palmares. O juiz Emanuel José Matias Guerra aceitou o pedido de ação popular e proferiu a sentença. Nascimento havia sido nomeado pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. O ato consta no Diário Oficial do dia 27 de novembro.

Segundo o magistrado, há “diversas publicações” feitas por Sérgio Nascimento que têm o “condão de ofender justamente o público que deve ser protegido pela Fundação Palmares”. As informações são do G1.

Na semana passada, o representante da Fundação Palmares havia declarado que no Brasil não existe “racismo real”, que a escravidão foi “benéfica para os descendentes” e que o movimento negro precisa ser “extinto”.

Leia Mais
+“Negro de esquerda é burro, é escravo”, afirma novo presidente da Fundação Palmares