Justiça cearense tem 100% de suas comarcas virtualizadas

Dentre as vantagens, o Tribunal destaca que o tempo médio de tramitação é reduzido, no mínimo, três vezes


Desembargador Washington Araujo, presidente do TJCE. Foto: Divulgação

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

A justiça do Ceará conta agora com 100% de suas comarcas virtualizadas. É o fruto do Sistema de Automação da Justiça (SAJ) eletrônico. Com o novo sistema, haverá uma agilidade maior no trâmite das ações.  A digitalização processual faz parte do Programa Celeridade e Produtividade da atual Gestão, presidida pelo desembargador Washington Araújo.

Para o desembargador José Tarcílio Souza da Silva, presidente da Comissão de Informática do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), “ter todo o processo digitalizado já deixa o Ceará em condição diferenciada em relação ao país, ou seja, o Tribunal acompanha a modernidade e tem a tecnologia da informação como ferramenta essencial a sua atividade.”

No caso, o próprio Tribunal poderá utilizar o sistema para auxiliar determinadas comarcas que necessitam de apoio a fim de dar celeridade à tramitação dos processos, enfatiza Tarcílio.

Dentre as vantagens da virtualização no sistema da justiça estadual cearense, o TJCE destaca que o tempo médio de tramitação é reduzido, no mínimo, três vezes.

Outra vantagem é a quebra da barreira geográfica porque facilita para advogados, já que não precisam se deslocar até a comarca onde tramita a ação.

Veja o vídeo sobre a implantação da virtualização da justiça no Ceará

*Com informações TJCE

Leia Mais
+ Presidente do TJCE anuncia investimento de R$ 10 milhões no Fórum Clóvis Beviláqua
+ 2ª Zona Judiciária de Iguatu receberá R$ 2,8 milhões do TJ cearense
+ Celeridade e produtividade serão focos da gestão de Washington Araújo
+ TJ Ceará lança o “Mais Interior” e aplicará R$ 30 milhões nas comarcas do interior
+ Comarcas de Maracanaú e Guaiúba são beneficiadas pelo projeto “+ Interior” do TJ cearense
+ Washington Araújo eleito presidente do TJCE