Juiz deve atender no fórum e não trabalhar em casa, diz presidente da OAB

Em Fortaleza, essa prática já existe informalmente por parte de alguns juízes que atuam no Fórum Clóvis Beviláqua


Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, advogado Felipe Santa Cruz, disse que é totalmente contra a liberação do trabalho home office para juízes, como assim está em estudo pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A informação foi dada ontem,18,na coluna do jornalista Lauro Jardim, O Globo.

Segundo Santa Cruz, “É um absurdo, o CNJ deveria fazer o contrário: fiscalizar o efetivo comparecimento dos magistrados nas unidades judiciárias. O problema no Brasil é que muitos juízes trabalham terças, quartas e quintas. Nada substitui o contato com os advogados que representam as partes”.

Focus ouviu de advogados militantes em Fortaleza, que essa prática já existe informalmente por parte de alguns juízes atuantes no Fórum Clóvis Beviláqua. Segundo a fonte, certa vez ao tentar despachar pessoalmente com o magistrado, soube que o mesmo estava em casa trabalhando e que a comunicação com a secretaria era por meio do aplicativo WhatsApp.