Jair Bolsonaro diz que serão enviados 5 milhões de testes aos estados, em março

O presidente reafirma a distribuição por meio do Ministério da Saúde


Presidente Jair Bolsonaro. Foto: Valter Campanato / Agência Brasil.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, publicou em sua conta oficial no Twitter para confiar o envio de 5 milhões de testes rápidos para o diagnóstico do novo coronavírus ainda no mês de março.

Na rede social, ele publicou que são aproximadamente 10 milhões de testes ao total, mas que 5 milhões chegam ainda neste mês. O presidente reafirma a distribuição por meio do Ministério da Saúde.

“São aproximadamente 10 milhões de testes no total. Cinco milhões enviados para todos os estados ainda em março”, ressaltou. Bolsonaro ainda disse que os testes poderão “ser realizados em locais de fácil acesso, como farmácias, escolas e postos de drive-thru”.

Leia Mais
+ Covid-19: vítimas no Ceará não terão direito a velório, decide juíza plantonista
+ Camilo destina R$ 97 milhões para combater o Covid-19 no Ceará
+ Sarto anuncia R$ 46 milhões dos deputados estaduais para combate ao coronavírus
+Hospital Albert Einstein vai testar a hidroxicloroquina contra o COVID-19
+Em vídeo, Bolsonaro diz que laboratórios do Exército vão fabricar a Cloroquina
+Vídeo: exemplo a ser seguido no Ceará, Portugal leva a sério movimento “Fica em Casa”
+Urgente: Roberto Cláudio testa positivo para coronavírus
+Brasil já usa cloroquina para casos graves do COVID-19 e inicia produção em massa do medicamento
+Cloroquina, antigo e barato medicamento, pode ser a luz no fim do túnel contra a COVID-19
+Possível efeito colateral do COVID-19: eleições adiadas e mandatos de prefeitos e vereadores prorrogados
Coronavírus e dilemas democráticos: o prazo das eleições será contaminado? Por Raquel Cavalcanti
+Sobe para 904 número de casos de coronavírus no País; 11 mortes confirmadas
+Moro restringe entrada de estrangeiros nos aeroportos brasileiros; medida vale a partir do dia 23
+Prisco é diagnosticado com coronavírus
+Senado aprova estado de calamidade pública por coronavírus
+Governo facilita liberação de R$ 10 bi a planos de saúde para evitar sobrecarga do sistema
+Bolsonaro: crescimento econômico do Brasil ficará estagnado em 2020
+Ceará e Fortaleza colocam CTs à disposição no combate ao coronavírus
+A nova justiça com o Covid-19, por Frederico Cortez