Ipespe: Capitão lidera com 37% enquanto Elmano abre vantagem sobre RC e vai a 28%

Fator que chama a atenção na linha do tempo do Ipespe é a impressionante estabilidade do desempenho da candidatura de Wagner. Entre 4 de agosto e 22 de setembro, CW apenas oscilou: 38%, 37%, 36% e agora 37%


Pelo que diz o Ipespe, tendência de crescimento de Elmano se consolidou e aponta o segundo turno do petista contra Capitão Wagner.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

A 10 dias da eleição, a 4ª rodada da pesquisa Ipespe mostra o candidato Capitão Wagner (União Brasil) ainda na liderança com 37% das intenções de voto para o Governo do Ceará. Em segundo aparece Elmano de Freitas (PT) com 28%. O petista se descolou de Roberto Cláudio (PDT), que caiu para 19% das intenções de voto.

Brancos e nulos somaram 8%. Não sabe/não respondeu, 8%.

No último levantamento, divulgado no dia 13 de setembro, CW tinha 36%, Elmano 23% e RC 22%. Significa que Elmano cresceu cinco pontos percentuais no íodo entre 13 e 22 de setembro. Já RC desce três pontos. Portanto, a subida do petista foi além da margem de erro, que é de três pontos. A queda de RC se deu dentro da margem.

O detalhe é que essa pesquisda Ipespe não cita as filiações partidárias dos candidatos na hora de fazer a pergunta estimualada aos eleitores. É bastante provável que as pesquisas Big Data e AtlasIntel, que colam o candidato ao partido, mostrem uma vantagem ainda maior de Elmano. Talvez até se aproximando de CW.

Outro fator quer chama a atenção na linha do tempo do Ipespe (veja abaixo) é a impressionante estabilidade do desempenho da candidatura de Wagner mesmo diante do ataque de seus concorrentes. Entre 4 de agosto e 22 de setembro, CW apenas oscilou: 38%, 37%, 36% e agora 37%.

Veja o quadro publicado pelo O Povo

A sequência: 04/08         25/08         13/09             22/09


Metodologia
Contratada pelo Jornal O Povo, registrada no último dia 16, a pesquisa teve seu início de campo de entrevistas no dia 18, com término no dia 20. Foram 1.000 entrevistados via telefone. O nível estimado é de 95,45% de confiança e a margem de erro e 3,2 pontos percentuais sobre os resultados encontrados no total da amostra. A pesquisa custou R$ 42.000,00.

Ela funciona como quantitativa telefônica, através de entrevistas a pessoas às quais é aplicado um questionário estruturado. O número de entrevistas foi estabelecido com base em uma amostragem aleatória simples.  com um nível estimado de 95,45% de confiança e uma margem de erro estimada de 3,2 pontos percentuais sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Leia Mais

Para festejar ou chorar: quatro pesquisas para governador do Ceará no forno

Fábio Campos

Jornalista graduado pela Universidade Federal do Ceará (UFC), foi repórter de política e articulista do O Povo, o mais tradicional veículo de jornalismo impresso do Ceará, onde editou a Coluna Política por 14 anos (1996-2010) e a Coluna Fábio Campos por sete anos (2010-2017). Também foi editorialista do mesmo veículo entre 2013 e 2017. Concomitantemente às funções no jornal, editou o Anuário do Ceará por 15 anos, modernizando o conteúdo e o projeto gráfico da prestigiada publicação. Apresentou o programa Jogo Político na TV O Povo por 12 anos, ancorou o programa Contraponto na TV Cidade (Record), foi comentarista de política na TV Jangadeiro (SBT) e na rádio O Povo/CBN. Em agosto de 2017 iniciou a startup Focus.jor.