Investigações no inquérito das fake news ainda continua, afirma Alexandre de Moraes

A coligação "O Povo Feliz de Novo" (PT/PCdoB/Pros) fez consulta ao TSE com a finalidade do Supremo Tribunal Federal compartilhar informações para ações de investigação judicial eleitoral


Ministro Alexandre de Moraes do Supremo Tribunal Federal (STF), responsável pelas investigações no inquérito das fakes news. Foto: Divulgação.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O ministro Alexandre de Moraes informou à Corregedoria-Geral Eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (CGE/TSE) que as investigações no inquérito das fakes news (Inq 4781) ainda estão em andamento, para fins de apurar ofensas e ameaças feitas aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). No caso, o ministro Og Fernandes solicitou informações sobre o caso, quanto a possibilidade de compartilhamento das informações colhidas pelo STF para futuras ações judiciais eleitorais.

O TSE tem interesse no inquérito em relação aos disparos em massa pelo WhatsApp durante a campanha eleitoral de 2018. Para a coligação “O Povo Feliz de Novo” (PT/PCdoB/Pros), as informações do inquérito do STF que tiverem “pertinência temática” com os processos sendo analisados pelo TSE – em especial as apuradas após as buscas e apreensões e quebras de sigilos bancário e fiscal de empresários que ocorreram no último dia 27 de maio –, fossem compartilhadas pelas duas instituições ( STF e TSE).

A consulta foi encaminhada ao STF  no dia 12 de junho.

*Com informações TSE

Leia Mais
+ Após apelo de senadores, Alcolumbre adia votação da PL das Fake News
+ Gilmar Mendes afirma que inquérito das fake news deu resultado
+ STF exorbita no inquérito das fake news e OAB cala-se! Por Frederico Cortez
+ Maioria do STF vota pela legalidade do inquérito sobre fake news
+ Fake news: a decisão de Alexandre de Moraes e o relato do deputado Heitor Freire