Inadimplência afeta 2,7 milhões de cearenses

O recorte por faixa etária mostra que os inadimplentes estão, em sua grande maioria, nas faixas de 26 a 60 anos de idade (35,2%) e de 41 a 60 anos (34,8%)


Multas e dívidas
Multas e dívidas. Foto: Freepik

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

40,21% dos cearenses estão no Mapa da Inadimplência, equivalendo a 2.775.827 de CPFs, segundo estudo da Serasa, divulgado na última quarta-feira, 22

No Estado, eram 2,3 milhões de inadimplentes em maio de 2021. De janeiro a abril deste ano, o número de pessoas nessa situação cresceu em mais de 110 mil.

Com relação ao perfil das dívidas, os segmentos de bancos e cartões possuem 28,1% dos débitos, enquanto contas básicas, como água, luz e gás, representam 22,9%. Já o recorte por faixa etária mostra que os inadimplentes estão, em sua grande maioria, nas faixas de 26 a 60 anos de idade (35,2%) e de 41 a 60 anos (34,8%).

O economista da Serasa, Luiz Rabi, contudo, deu algumas ferramentas para tirar o nome do Mapa. Segundo o especialista, o saque extraordinário do FGTS e a antecipação do pagamento do 13º salário para aposentados “podem e devem ser utilizadas para reorganizar as finanças pessoais, amenizar dívidas e tentar tirar o nome do vermelho”.