Hapvida e Intermédica fecham acordo para fusão de negócios, diz site

A transação vai criar um meganegócio de R$ 110 bilhões


Clínica e laboratório Hapvida na Parangaba. Foto: Divulgação

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O Sistema Hapvida e a Notredame Intermédica chegaram a um acordo para fusão de suas operações. É o que afirma reportagem do site Brazil Journal.

O negócio é avaliado em R$ 110 bilhões e supera em números a transação ocorrida em 2008, quando o Itaú e o Unibanco também fizeram a fusão, girando em R$ 85 bilhões.

“Os acionistas da Hapvida, fundada por Candido Pinheiro, ficarão com 53,6% da nova empresa, enquanto os acionistas da Intermédica terão 46,4%. Os acionistas da Intermédica também receberão R$ 4 bilhões numa ação preferencial resgatável”, destaca um trecho da reportagem.

Por enquanto, nenhuma informação das duas empresa. O último comunicado saiu no dia 15 de fevereiro, informando que “os conselhos de administração do Hapvida e da GNDI têm mantido discussões acerca da potencial combinação dos negócios das duas companhias”.

O certo é que o modelo combinado vai criar uma gigante do segmento de saúde com dois CEOs: Irlau Machado Filho (Intermédica) e Jorge Pinheiro (Hapvida).

Leia Mais
+Negócio de R$ 100 bilhões entre Hapvida e Intermédica avança “adequadamente” e terá dois CEOs
+Hapvida faz proposta de fusão à Intermédica; negócio pode criar empresa de R$ 100 bi
+Jorge Pinheiro: fusão entre Hapvida e Intemédica pode criar gigante de 13,5 milhões de beneficiários