Grupo Marquise abre chamamento para seleção de projetos

O chamamento prioriza trabalhos desenvolvidos em algumas cidades, como: Maceió (AL), Manaus (AM), Salvador (BA), Fortaleza (CE), João Pessoa (PB), Natal (RN), Porto Velho (RO) e São Paulo, Osasco e Taubaté (SP)


Nova marca do Grupo Marquise. Foto: Divulgação

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Estão abertas as inscrições para o chamamento da seleção de projetos incentivados que receberão investimento do Grupo Marquise em 2022. Podem se inscrever trabalhos em duas modalidades: os que estão aprovados nas Leis Federais de Incentivo Fiscal, ou seja, os que estão inscritos em mecanismos que utilizam do Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) para investimento; e projetos que compõem o edital vigente do Programa Mecenas do Ceará (via ICMS).

“Essa seleção faz parte de um novo momento do Grupo Marquise. Estamos estruturando a Área de Inteligência Social com intuito de fortalecer nosso cuidado com as pessoas e com o meio ambiente, ultrapassando ainda mais os muros corporativos. Nosso objetivo é impactar positivamente a sociedade. Esses projetos incentivados nos ajudarão a chegar mais longe com esse propósito”, afirma Luiz Gustavo Vianna, diretor administrativo financeiro do Grupo Marquise.

O chamamento prioriza trabalhos desenvolvidos em algumas cidades, como: Maceió (AL), Manaus (AM), Salvador (BA), Fortaleza (CE), João Pessoa (PB), Natal (RN), Porto Velho (RO) e São Paulo, Osasco e Taubaté (SP).

“Estamos abertos para analisar todos os projetos inscritos, mas existem critérios preferenciais, porém, não excludentes, como: projetos que abordem temáticas socioambientais; educação; inclusão para pessoas com deficiência; desenvolvimento sustentável; indústria, inovação e infraestrutura; redução das desigualdades; ações contra a mudança climática, dentre outros”, explica Misslene Farrapo, coordenadora de Inteligência Social do Grupo Marquise – uma ramificação do setor de Marketing, que fica sob responsabilidade da gerente Vini Fernandes.