Governo quer reduzir alíquota do IR para máximo de 25%, diz Bolsonaro

Atualmente, pessoas físicas pagam até 27,5% e pessoas jurídicas, como empresas, pagam até 34% de IR.


Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira, 17, que quer reduzir a alíquota máxima do imposto de renda para 25%. Atualmente, pessoas físicas pagam até 27,5% e pessoas jurídicas, como empresas, pagam até 34% de IR. Outra ideia do governo é unificar impostos e contribuições federais, como PIS, Cofins, IPI e IOF, em um imposto único. As afirmações do presidente foram dadas em entrevista a jornalistas logo após participar da cúpula do Mercosul, em Santa Fé, na Argentina.

“O que nós queremos fazer, conforme explanação do Marcos Cintra, no dia de ontem, na reunião de ministros, é mexer só com os tributos federais. Uma tabela de imposto de renda de, no máximo, 25%, e dar uma adequada. E nós queremos, segundo o próprio Onyx Lorenzoni falou, no dia de ontem, na reunião, nós queremos, ano a ano, ir reduzindo nossa carga tributária”, afirmou.