Governo facilita liberação de R$ 10 bi a planos de saúde para evitar sobrecarga do sistema

O governo pretende garantir que os planos de saúde consigam usar 20% do fundo garantidor


O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O governo vai facilitar a liberação de R$ 10 bilhões aos planos de saúde. A afirmação vem do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. O valor faz parte de um fundo garantidor, aliado à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), composto por recursos das operadoras. Segundo o ministro, a ANS deve formalizar a ação nesta sexta-feira, 20.

Por meio da medida, o governo pretende garantir que os planos de saúde consigam usar 20% do fundo garantidor, cujo valor total é de R$ 53 bilhões. Segundo o ministro, a expectativa é que as operadoras usem os recursos para comprar equipamentos e reforçar leitos para que não haja sobrecarga no sistema público de saúde.

“A Agência Nacional Saúde faz com que os planos de saúde depositem um recurso, um dinheiro, que é a garantia, para, caso deixem de funcionar, paguem as pessoas. Esse fundo garantidor, desde 2012, 2013, 20% dele pode ser utilizado para a construção de hospitais, compra de equipamentos. E o setor vinha usando pouco esse recurso”, afirmou Mandetta.