Camilo envia proposta de reestruturação salarial de militares à AL

O governador esteve em reunião com os representantes dos militares da segurança pública na tarde de ontem, 13, para negociar a reestruturação da carreira militar e no Ceará.


Governador Camilo Santana (Foto/Governo do Estado do Ceará)

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O governador Camilo Santana (PT) enviou na tarde de hoje, 14, à Assembleia Legislativa uma nova proposta de reestruturação das carreiras policiais, incluindo os reajustes para policiais militares e Bombeiros.

Camilo esteve em reunião com os representantes dos profissionais militares da segurança pública na tarde de ontem, 13, para negociar uma nova tabela de reestruturação da carreira militar e no Ceará.

O valor de R$ 495 milhões será pago em três parcelas; em março de 2020 (40%), março de 2021 (30%) e março de 2022 (30%). Agora, o salário final do soldado ficará de R$ 4.500 ao final de 2022, um acréscimo de quase R$ 300 acima do sugerido pela proposta inicial.

“No entendimento, o número de parcelas do incremento salarial será de três vezes, aumentamos o percentual da primeira parcela (40%) e incorporamos parte das gratificações variáveis ao fixo, conforme anseio da categoria”, anunciou Camilo Santana.