Gigante canadense avalia compra do Carrefour

Se o negócio for para frente, a Couche-Tard vai expandir sua presença nos mercados da América Latina e da Europa


Foto: Divulgação.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

A possível combinação de negócios entre a canadense Alimentation Couche-Tard e a francesa Carrefour já movimenta o mercado financeiro. Se o negócio for para frente, a Couche-Tard vai expandir sua presença nos mercados da América Latina e da Europa.

Nesta quarta-feira, 13, o Carrefour Brasil confirmou as negociações da matriz. “Após o encerramento do pregão da B3, de um projeto de combinação de negócios entre o seu acionista controlador, Carrefour S.A. (“Carrefour França”) e o grupo canadense Alimentation Couche-Tard (“Couche-Tard”). Em press release datado de 13/01/2021, o Carrefour França declarou que as negociações se iniciaram por um contato amigável da Couche-Tard e estão em fase preliminar”, destacou.

De acordo com a Bloomberg, a Couche-Tard vale 37 bilhões de euros. Já o Carrefour tem seu valor de mercado estimado em 15,4 bilhões de euros.

Atualmente a Couche-Tard possui cerca de 9.000 lojas de conveniência na América do Norte. Oferece também até combustível. Na Europa, são 2.700 lojas.