General assume Casa Civil e Onyx vai para Cidadania

O convite a Braga Netto foi divulgado ontem, 12, pela imprensa, mas só foi confirmado hoje, 13, pelo presidente Jair Bolsonaro; Até então Onyx mantinha o discurso de que permaneceria no cargo.


Deputado pelo DEM do Rio Grande do Sul, Onyx foi aliado de 1ª hora do presidente. (Valter Campanato/Agência Brasil)

Equipe Focus.Jor
focus@focus.jor.br

O ministro Onyx Lorenzoni deixou a chefia da Casa Civil e o general Walter Braga Netto assumirá a pasta. Lorenzoni vai para o Ministério da Cidadania, tomando o lugar do atual ministro Osmar Terra.

O Ministério da Cidadania é responsável pela área social do governo. A pasta gere os programas Bolsa Família, Criança Feliz e Progredir, por exemplo. Além disso, é responsável pela Secretaria Especial de Esporte, que substituiu o extinto Ministério do Esporte.

Até então Onyx mantinha o discurso de que permaneceria no cargo. Deputado pelo DEM do Rio Grande do Sul, Onyx foi aliado de 1ª hora do presidente.

Com Braga Netto, agora existem 3 generais-ministros ao lado de Bolsonaro no Planalto. Além do próprio Braga Netto, os titulares da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, e da Segurança Institucional, Augusto Heleno.