Freire assina documento determinando que PSDB-Cidadania firme aliança com PDT no Ceará

Focus apurtou ainda que a questão tende a ser judicializada. É nesse ponto que a coisa pode complicar para a aliança com o PDT. Afinal, o tempo para a inscrição de chapas está chegando ao seu limite.


Acaba de ser assinado por Roberto Freire, presidente da federação nacional que une PSDB e Cidadania, o documento (veja na imagem) que determina a retomada da posição anterior de aliança no Ceará com o PDT em apoio à candidatura de Roberto Cláudio.

Focus apurou que as decisões no âmbito de uma federação são determinados, ao fim das contas, pelo seu comendo nacional. A leitura é que a federação é de amplitude nacional e não local.

A decisão assinada por Roberto Freire já foi enviada a Chiquinho Feitosa, presidente do PSDB do Ceará e presidente da federação no âmbito estadual.

Focus apurou ainda que a questão tende a ser judicializada. É nesse ponto que a coisa pode complicar para a aliança com o PDT. Afinal, o tempo para a inscrição de chapas está chegando ao seu limite.

Leia Mais
+A dança dos padrinhos: Capitão com Bolsonaro tem 34%, Elmano com Lula 30% e RC com Ciro tem 25%
+Pesquisa Real Time Big Data: Capitão Wagner lidera em todos os cenários
+Ipespe Ceará para o Senado: Camilo com 68% das intenções de voto
+Pesquisa Ipespe Ceará: Capitão Wagner 38%, RC 28% e Elmano 13%
+Pesquisa Real Time Big Data: Wagner conta com 35%, Roberto Cláudio 26% e Elmano 21%
+Podemos anuncia apoio ao Capitão Wagner no Ceará
+Reviravolta: Comando nacional da federação PSDB-Cidadania vai manter aliança com RC
+Atenção: Chiquinho atropela Tasso e aprova neutralidade do PSDB no Ceará
+Pesquisa Ipespe Ceará: Roberto Cláudio empata com Capitão Wagner entre as mulheres
+Republicanos entra no time de siglas que apoiam Capitão Wagner na disputa pelo Governo
+Tasso e PSDB oficializam hoje aliança com o PDT

Fábio Campos

Jornalista graduado pela Universidade Federal do Ceará (UFC), foi repórter de política e articulista do O Povo, o mais tradicional veículo de jornalismo impresso do Ceará, onde editou a Coluna Política por 14 anos (1996-2010) e a Coluna Fábio Campos por sete anos (2010-2017). Também foi editorialista do mesmo veículo entre 2013 e 2017. Concomitantemente às funções no jornal, editou o Anuário do Ceará por 15 anos, modernizando o conteúdo e o projeto gráfico da prestigiada publicação. Apresentou o programa Jogo Político na TV O Povo por 12 anos, ancorou o programa Contraponto na TV Cidade (Record), foi comentarista de política na TV Jangadeiro (SBT) e na rádio O Povo/CBN. Em agosto de 2017 iniciou a startup Focus.jor.