Fortaleza mantém atendimentos para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade

O trabalho continua em regime especial de domingo a domingo, das 8h às 17h


Foto: Agência Brasil.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

A Prefeitura de Fortaleza irá manter a proteção integral de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade durante o período de quarentena em decorrência novo coronavírus.

A ação acontece por meio da Fundação da Criança e da Família Cidadã (Funci). O programa Ponte de Encontro auxilia às políticas públicas para a socialização de crianças e adolescentes que estejam em situação de mendicância, exploração econômica e trabalho infantil.

O trabalho continua em regime especial de domingo a domingo, das 8h às 17h, uma equipe plantonista composta por quatro educadores sociais, um técnico de referência e dois motoristas para atendimento de denúncias e garantia da continuidade dos serviços, realizando os devidos encaminhamentos para a rede de proteção, junto ao serviço de garantias de direitos e Conselho Tutelar.

Já o programa Rede Aquarela desenvolve ações de enfrentamento e atendimento para crianças e adolescentes vítimas de abuso e exploração sexual. O trabalho continua em regime especial com os profissionais dos eixos Disseminação, Atendimento DCECA, Atendimento Psicossocial e Atendimento 12ª Vara sobreaviso diariamente.