Filipinas proíbe frango do Brasil após China emitir alerta

O órgão não especificou por quanto tempo a proibição seria aplicada


Foto: Ricardo Padue/Ed. Globo.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Depois que a China anunciou ter detectado o novo coronavírus em um carregamento brasileiro de frango, o governo filipino impôs uma proibição temporária às importações do Brasil sobre o alimento, nesta sexta-feira, 14.

“Com os relatórios recentes da China e em conformidade com a Lei de Segurança Alimentar do país para regulamentar os operadores de empresas de alimentos e proteger os consumidores filipinos, é imposta a proibição temporária da importação de carne de frango”, disse o comunicado do Departamento de Agricultura das Filipinas.

O órgão não especificou por quanto tempo a proibição seria aplicada. Na quinta-feira, 13, o Ministério da Agricultura do governo Bolsonaro informou que ainda não foi notificado oficialmente por Pequim sobre a suposta contaminação.

Ainda de acordo com o governo brasileiro, “segundo a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO) e a OMS, não há comprovação científica de transmissão do vírus da COVID-19 a partir de alimentos ou embalagens de alimentos congelados”.