FHC: Bolsonaro arranca suspiros de parte do PSDB

“Ele chegou lá porque ele é o homem comum. Ele estoura, fala bobagem de uma maneira rude. Isso toca as pessoas, que são a maioria, que é parecida com esse estilo”, disse o tucano em debate promovido pela legenda


FHC
Fernando Henrique Cardoso. Foto: Wilson Dias/ Agência Brasil

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, um dos maiores expoentes do PSDB, afirmou que parte do partido “namora” com o presidente Jair Bolsonaro.

“Ele chegou lá porque ele é o homem comum. Ele estoura, fala bobagem de uma maneira rude. Isso toca as pessoas, que são a maioria, que é parecida com esse estilo”, destacou FHC em debate promovido pelo PSDB, conforme o Renova.

Na sequência, complementou. “Há um pressuposto que pode levar ao autoritarismo em nome da salvação nacional, de um projeto grandioso, em nome do bem estar da maioria. Temos que fazer isso de forma democrática, antes que façam de forma não democrática. Há esse risco. Há risco real de que isso aconteça no Brasil. Bolsonaro é um sintoma disso aí”.

E finalizou: “Um problema é que parte do PSDB namora o Bolsonaro”.