Faturamento de bares e restaurantes derrete até 70% nas cidades, afirma Abrasel

Ao todo, a entidade reforça que são 6 milhões de pessoas que precisam ter seus empregos preservados


Restaurante. Foto: Pixabay
Restaurante. Foto: Pixabay

Equipe Focus.Jor
focus@focus.jor.br

O medo de contrair coronavírus faz com que as pessoas adotem medidas de isolamento, não saiam de casa e deixem de visitar estabelecimentos como bares e restaurantes. Por questões sanitárias e de segurança, evita-se o contato humano.

Por conta do covid-19, a retração do faturamento já é sentido pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). A queda varia entre 30% e 70%.

“Tivemos com o presidente da República, que se sensibilizou e encomendou urgentes estudos à equipe econômica. Sabemos que a situação fiscal do País é difícil, mas o momento pede medidas excepecionais para evitar a quebradeira geral, como a ajuda para viabilizar o pagamento dos salários”, afirma a Abrasel em nota.

Ao todo, a entidade reforça que são 6 milhões de pessoas que precisam ter seus empregos preservados.

Leia Mais
+Cloroquina, velho e barato medicamento, pode ser a luz no fim do túnel contra a COVID-19
+Caso de Covid-19 em Sobral é o ex-prefeito Veveu Arruda, marido da vice-governadora
+Vice-governadora Izolda Cela confirma que está com Covid-19
+Tucano Carlos Matos, pré-candidato a prefeito de Fortaleza, testa positivo para Covid-19
+Coronavírus: Camilo faz apelo para que população não saia de casa nos próximos quatro dias e que comércio não funcione