Ex-ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles chama Moro de “comunista”

Salles afirmou que Moro é “comunista” e "a favor de drogas" em entrevista no programa Jovem Pan Morning Show nesta quarta-feira, 24


Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Ricardo Salles, ex-ministro do Meio Ambiente e apoiador de Bolsonaro, criticou o ex-juiz e pré-candidato Sérgio Moro (Podemos).

Salles afirmou que Moro é “comunista” e “a favor de drogas” em entrevista no programa Jovem Pan Morning Show nesta quarta-feira, 24.

“A política de Moro é a política da dissimulação, da traição. O cara (Moro) aceitou ser político, aceitou ser ministro do Bolsonaro, sabendo que não tinha nada a ver com o governo. Que ele é de esquerda, é contra as armas, a favor de drogas, tem uma visão… O Moro é comunista, lógico que é comunista”, argumentou.