Especialista afirma que plano de retomada da economia cearense pode continuar com base na redução de internações

O prognóstico é do economista e consultor de empresas, Luís Eduardo Fontenele Barros


Equipe Focus.Jor
focus@focus.jor.br

A retomada da economia pode continuar desde que as medidas de biossegurança sejam mantidas. É o que afirma o economista e consultor de empresas, Luís Eduardo Fontenele Barros.

“As mortes confirmadas com COVID-19 no Ceará somaram 7.710 óbitos até 2 de agosto, sendo seis no domingo. Em vista disso, a média móvel de sete dias baixou mais uma vez para 31 mortes/dia, com uma taxa geométrica de crescimento em sete dias da ordem de 0,4% ao dia”, aponta o especialista.