Espanhola Roca compra empresa da Eternit no Pecém por R$ 102 milhões

A transação ainda precisa de autorização do Conselho Administrativo de Defesa da Economia (Cade)


Fábrica da CSC no Pecém. Foto: Divulgação

Átila Varela
atila@focus.jor.br

A Companhia Sulamericana de Cerâmicas (CSC), da Eternit, foi adquirida pela companhia espanhola Roca. O fato relevante foi publicado no dia 18. O valor da transação girou em R$ 102 milhões. A unidade está localizada no Complexo Industrial e Portuário do Pecém.

“A Eternit S.A. –Em Recuperação Judicial (B3: ETER3,“Eternit” ou “Companhia”), em cumprimento à Instrução CVM 358/2002, vem informar aos seus acionistas e ao mercado em geral que, nesta data, foi realiza doo leilão judicial de alienação da UPI Louças Sanitárias (CSC), tendo sido o lance vencedor de R$ 102 milhões. O valor obtido no leilão será destinado ao pagamento dos credores concursais da Classe III, na forma prevista no Plano de Recuperação Judicial da Companhia”, destaca o documento.

A transação ainda precisa de autorização do Conselho Administrativo de Defesa da Economia (Cade).

A Roca
A Roca foi fundada em 1917, na cidade de Gàva, em Barcelona, sob o nome de Compañia Roca Radiadores. Em 2006, o Grupo Roca alcançou a liderança mundial em volume de peças produzidas para banheiros, ao associa-se com o líder do mercado indiano, e adquirir empresas na Malásia, Croácia e Romênia.

A empresa comprou a suíça Keramik Laufen, proprietária das marcas Incepa e Celite no Brasil. Também adquiriu a Akvaton, especializada em móveis para banheiro e inaugurou três novos galleries, em Madri, Lisboa e Londres. A Roca tem fábricas em Recife e Jundiaí (São Paulo).