Entrada do Brasil na OCDE é prioridade para os Estados Unidos

O posicionamento muda a situação de "prioridades". Argentina e Romênia, cotadas para ingressar na organização, foram ultrapassadas pelo País na lista preferencial estadunidense


Trump
Trump e Bolsonaro. Foto: AFP

Equipe Focus.Jor
focus@focus.jor.br

A entrada do Brasil na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) é tratada como prioridade pelos Estados Unidos. A embaixada do país em Brasília emitiu o seguinte comunicado:

“Os Estados Unidos querem que o Brasil seja o próximo país a iniciar o processo de acessão à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE)”, pontuou em nota. A expectativa é que os EUA formalizem hoje o apoio ao Brasil.

O posicionamento muda a situação de “prioridades”. Argentina e Romênia, cotadas para ingressar na organização, foram ultrapassadas pelo País na lista preferencial estadunidense.

“Nossa decisão de priorizar a candidatura do Brasil, agora, como próximo país a iniciar o processo é uma evolução natural do nosso compromisso, como reafirmado pelo secretário de Estado (Mike Pompeo) e pelo presidente Trump em outubro de 2019″, finaliza o comunicado.

Leia Mais
+Bolsonaro sobre OCDE: “Brasil está no caminho certo”