Empresa cearense auxilia empresas negativadas a acessar linhas de crédito do Pronampe

Recomece Brasil atua reabilitação de crédito empresarial de micro empresas e empresas de pequeno porte.


Leonardo Mafra, Gerente Comercial da Recomece Brasil. Foto: Divulgação.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Com o aumento de empresas inadimplentes, a cearense Recomece Brasil, especializada em reabilitação de crédito, vem ampliando sua atuação com a oferta de serviços para negativados. Com isso, seus clientes podem acessar o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), criado para auxiliar empresas afetadas pela pandemia.

“Quem irá recorrer ao programa, deve nos procurar para fazermos uma pesquisa detalhada da situação do CNPJ e dos sócios da empresa, a partir disso, mediante análise, daremos início a consultoria, onde será retirado todos os apontamentos/negativações, onde ficarão em segredo de justiça, após isso, aquele CNPJ/CPF estará blindado durante 12 meses, para futuras negativações”, diz Leonardo Mafra, Gerente Comercial da Recomece Brasil.

Segundo Mafra, com a retirada dos apontamentos e a blindagem do CNPJ, os empresários terão acesso ao programa de crédito e, assim, poderão quitar as dívidas empresariais.

Por meio do Pronampe, os pequenos negócios podem contar com financiamentos com juros baixos e regras simplificadas. Serão destinados R$ 5 bilhões. Um dos principais requisitos para ter acesso ao programa é que os empresários estejam com o nome limpo.