Em texto reflexivo, Dr. Cabeto fala que a crise nos cerca há anos

"A repetição de erros passados pressupõe um atavismo óbvio, ao tempo que expõe nossas fragilidades e dificuldades de enfrentar crises, sem antes provocarmos o caos", publicou o secretário de Saúde do Ceará


Secretário estadual, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho (Dr Cabeto). | Foto: Divulgação

Equipe Focus.Jor
focus@focus.jor.br

O titular da Secretaria de Saúde do Ceará, Dr. Cabeto publicou texto em que faz uma análise sobre a crise, que segundo ele, “há anos nos cerca”.

“Ao tempo em que falamos de uma crise, talvez com poucos precedentes na história da humanidade, pelos seus aspectos sociais, econômicos e sanitários, com evidentes repercussões na vida das pessoas e as implicações nas relações futuras”, destaca um trecho.

Abaixo, o texto completo

“Quem viver verá!

O tempo é senhor da verdade, principalmente para aqueles que contextualizam a verdade em termos humanísticos, ou entendem a transitoriedade da vida, e suas missões biológicas, espirituais e afetivas. Ou seja, sabem das fragilidades das atitudes humanas através da evolução e da história.

Ao tempo em que falamos de uma crise, talvez com poucos precedentes na história da humanidade, pelos seus aspectos sociais, econômicos e sanitários, com evidentes repercussões na vida das pessoas e as implicações nas relações futuras. Traduzimos os sentimentos de forma contraditória, paradoxalmente contra os princípios mais básicos da sobrevivência. Assistimos a devoção incondicional a preceitos de exclusão, e também estigmatizantes, como em tempos sombrios do nosso passado. Não são “cem anos de solidão”, como dizia Garcia Márquez, são séculos de injustiça! A repetição de erros passados pressupõe um atavismo óbvio, ao tempo que expõe nossas fragilidades e dificuldades de enfrentar crises, sem antes provocarmos o caos.

A crise há anos nos cerca!”