Em indireta ao PDT que ameaça expulsar Tabata, Huck reclama “das velhas raposas”

19 deputados de oposição votaram pela nova Previdência. Entre eles, o jovem Felipe Rigoni (PSB-ES), que se tornou uma referência pela qualidade no debate


Tabata e Rigoni: parlamentares com posições de centro-esquerda e a favor da reforma. Fizeram a coisa certa, mas seus partidos reclamam.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O apresentador de TV, Luciano Huck, integrante do movimento Agora!, um dos que ajudou a candidatura da Tabata Amaral (PDT), criticou os partidos que ameaçam expulsar os deputados que votaram contra a orientação das legendas na reforma da Previdência. A informação é do o Globo.

“As velhas raposas da política, que nas últimas eleições escancaradamente lustraram suas imagens no verniz dos jovens candidatos da renovação encubados pelos movimentos cívicos, agora destemperam e agridem tentando levar vantagem”, disse Luciano.

Tabata Amaral e mais sete deputados do PDT votaram a favor do texto base da nova Previdência. No todo, 19 deputados de oposição votaram pela aprovação. Com características parecidas com a de Tabata, Além de Tábata, o deputado Felipe Rigoni (PSB-ES), que se tornou uma referência pela qualidade no debate, também votou a favor contra a orientação do partido.