Antigos membros da E-nova OAB afirmam que MS é tentativa de criar fato político

O mandado de segurança foi dado entrada nesta segunda-feira, 26 e foi distribuído para 10ª Vara Federal


Antigos membros da  “E-nova OAB” resolveram retrucar os argumentos apresentados por componentes dissidentes, que entraram com mandado de segurança para manunteção da chapa 55 no pleito. Em nota, encabeçada por Edson Santana, os advogados atribuem a judicialização da eleição como uma forma de construir um fato político que possa prejudicar a chapa Reage OAB.

Veja a nota:

Os advogados abaixo assinados repudiam mais uma tentativa lamentável de criar um fato político às vésperas das eleições da OAB, pelos que querem evitar a qualquer custo a vitória iminente da mudança representada pela chapa Reage OAB que tem à frente Roberta Vasques e Edson Santana.

Cinco advogados, que já manifestaram apoio explícito à chapa Somos Todos OAB, entraram na justiça com mandato de segurança na tentativa de tumultuar o processo eleitoral.

Os cinco, eram membros da antiga chapa E-nova OAB, inconformados com a decisão do grupo de unir forças com a chapa Reage OAB, e que declaravam não ter apego a cargos, agora em direção contrária tentam a todo custo manter suas candidaturas, patrocinados por aqueles a quem mais diziam combater, a quem já manifestaram apoio irrestrito nas redes sociais para conhecimento de toda a classe advocatícia.

Manifestamos ainda nosso repúdio a esse tipo de atitude que vai de encontro ao que a Ordem dos Advogados do Brasil mais defende: a democracia e a liberdade de opiniões.  

Temos certeza que a classe não compactua com este tipo de opinião isolada, que só presta desserviço à atividade da advocacia, que clama por mudanças e propostas para o bem dos advogados e advogadas que lutam num mercado de trabalho cada vez mais difícil e necessitam de uma Ordem forte, unida e capaz de representar de forma digna, renovada e eficaz os anseios da advocacia cearense. 

      Aproveitamos para conclamar a todos os advogados cearenses a se juntarem a nós nesta verdadeira cruzada de resgate da nossa instituição.

 

Edson Santana – Renan Viana – Cândido Albuquerque – Julio da Ponte – Venâncio Freitas – Ana Paula Brito – Francisco Colares Filho – Fredy Albuquerque – Haroldo Gutemberg Benevides – Hozanan Linhares Gomes – Isabel Oliveira – José Alcântara Matos Filho – Abdias Junio Oliveira – Larissa de Alencar – Isabella Memória – Gustavo Brígido – Luiz Valdemiro Costa – Priscila Chaves Ferrer –  Rafael de Alcântara – Ricardo Valente – Alexandre Saldanha – Antonio Carlos Rebouças – Arthur Feitosa Arrais – Frederico Afrânio Marques – José Alcy Pinheiro Neto – Julia Pereira Henrique – Renato Barroso – Antonio Rebouças de Albuquerque – Arcelino Calado – Ana Lygia Peixe – Maurício Benevides Magalhães – Ana Rita Braúna Francisco Dias de Paiva Filho – Pedro Jackson Colares – Lino Correia Máximo – Luiz Henrique Nogueira – Túlio Magno – Maria Karla Nogueira – Camila Correia de Alencar – Elaine Bezerra – Gisélia Dantas – Ravi Ramier – Agapito Sátiro – Mariana Coelho – Igor de Almeida Gondim – Bruno de Almeida Gondim