Preso em casa e proibido de usar telefone, Maluf liga para jornal pensando que era um “ministro”

"Esse número não é do ministro?", insistiu Paulo Maluf que ainda se mantém como deputado


Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Paulo Maluf (ainda deputado federal) está em prisão domiciliar e está obrigado a seguir as mesmas restrições de quem está em regime domiciliar fechado. Ou seja, não pode usar, por exemplo, telefones. Porém, Maluf age como se estivesse numa penitenciária. Lugar em que, como se sabe, o uso de celulares é algo corriqueiro.

O jornal Valor relata que Maluf  tentou falar com um ‘ministro’ pelo telefone nessa quarta-feira, 08. “Porém, ligou por engano para o jornal Valor Econômico. O deputado ligou cinco vezes para um número de celular do jornal que acreditava ser de um “ministro” entre as 8h45 e as 9h24 de ontem. Ao ser atendido pela repórter, Maluf demonstrou surpresa ao perceber que havia se enganado. “Esse número não é do ministro?”, insistiu.

De acordo com a reportagem, em pouco mais de um minuto de conversa, Maluf não chegou a especificar com qual ministro gostaria de falar. Afirmou que se sentia bem, que estava em uma sessão de fisioterapia, e brincou dizendo que não era fácil transformar um carro velho em uma Ferrari novamente.

Com informações do site Congresso em Foco.