Câmara instala CPI para apurar vazamento de óleo no NE; Eduardo Bismarck será 2º vice

A comissão deverá reunir-se duas vezes por semana até o recesso, retomando em seguida. O prazo do relatório são 120 dias.


O deputado Eduardo Bismarck (PDT-CE) será o 2º vice-presidente da CPI. Foto: Câmara dos Deputados

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

A Câmara dos Deputados instalou nesta quarta-feira, 27, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que irá apurar as origens e responsabilidades pelo vazamento de óleo que atingiu o litoral nordestino. A comissão deverá reunir-se duas vezes por semana até o recesso, retomando em seguida. O prazo do relatório são 120 dias.

Nesta quarta-feira, na primeira reunião foram eleitos o presidente, os vices-presidentes e o relator. O deputado pernambucano João Campos (PSB-PE), autor do requerimento, será o relator. Já o deputado Eduardo Bismarck (PDT-CE) será o 2º vice-presidente. Na quinta-feira, 28, a comissão se reúne para apresentar e votar os primeiros requerimentos.

Veja a coordenação da CPI:

Presidente: Herculano Passos (MDB/SP)
1º Vice: Adolfo Viana (PSDB/BA)
2ª Vice: Eduardo Bismarck (PDT/CE)
3ª Vice: Leur Lomanto Jr (DEM/BA)

Relator: João H. Campos (PSB/PE)