“Uma farmácia em cada esquina” não assusta a Raia Drogasil, diz diretor da empresa

Executivo diz que, com a recuperação da economia, consumidor dá preferência a bens de consumo duráveis e discricionários.


Da Redação
focus@focus.jor.br

Em entrevista ao Brazil Journal, o diretor de planejamento corporativo e relações corporativas da Raia Drogasil, Eugênio De Zagottis diz que não temer a competição entre as redes, com uma “farmácia em cada esquina”. Ele diz que a aposta estão nos diferenciais de cada empresa. “Se você achar que farmácia é tudo igual, eu não tenho a menor razão para existir”, disse ao portal.

A empresa viu seus resultados desacelerarem no último trimestre de 2017, com queda de 1% nas vendas das lojas abertas há mais de três anos. As que têm até um ano de operação tiveram crescimento e 2,7%. Já as vendas do setor cresceram 5,6% no período.

Para Zagottis, a causa é a recuperação da economia, com o consumo do brasileiro se voltando para bens de consumo duráveis e discricionários. “Quando a economia está ruim, o cliente não está gastando dinheiro em bens duráveis e consumo discricionário, mas está gastando no essencial. Nessa economia retomando, olha para a Renner, olha o Magazine Luiza: hoje eu tenho uma competição pelo bolso com todos esses players”, afirmou, lembrando que 45% das suas vendas não são medicamentos de prescrição.

A empresa chegou a Fortaleza no ano passado, com a marca Drogasil, tendo como meta declarada “as melhores esquinas” da Cidade.