Material escolar em Fortaleza apresenta variação acima de 900%

Ao todo, foram 60 produtos pesquisados


Foto: Pixabay

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Os itens que compõem a lista de material escolar em Fortaleza apresentaram variações de até 983,33%. É o que aponta levantamento do Procon Fortaleza, divulgado hoje, 14.

A pesquisa foi realizada entre os dias 7 e 9 de janeiro, em oito livrarias e lojas do varejo, localizadas no Centro e no bairro Edson Queiroz. Ao todo, foram 60 produtos pesquisados.  O órgão alerta que as escolas não podem exigir a compra de itens considerados abusivos, de acordo com a lei federal nº 12.886/13.

Os preços de lápis, canetas e mochilas podem variar até dez vezes entre os estabelecimentos mais caros e os mais baratos. Contudo, vale considerar as marcas, tamanhos e modelos.

O percentual de variação de 983,33% foi observado em uma mochila tamanho grande. Em um estabelecimento, o preço era de R$ 18. Em outro local, cujo produto  seguia as mesmas características, o valor saltou para R$ 195.

“Identificando alguns dos itens considerados abusivos, os pais devem pedir a retirada imediata do produto da lista, sob pena da escola ser multada em até R$ 11 milhões”, disse a diretora do Procon Fortaleza, Cláudia Santos.