Governo espera vender metade das refinarias da Petrobras a partir de junho

Ao todo, serão 13 unidades de refino colocadas à venda no mercado


Sede da Petrobras. Tânia Rêgo/Agência Brasil

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O Governo Bolsonaro espera abater as dívidas da Petrobras com a venda de algumas unidades de refino da estatal no País. Para isso, em junho, a petroleira colocará 13 refinarias à disposição para serem negociadas no mercado.Elas estão localizadas no Nordeste, Sudeste e Sul.

Com a iniciativa, o Governo aguarda arrecadar entre US$ 10 bilhões e US$ 15 bilhões. O recurso será empregado no pagamento de dívidas.

Um modelo de privatização será enviado ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) ainda neste mês. O objetivo é criar uma competição no mercado para evitar a concentração de apenas um grupo privado.

Nesse sentido, deve ocorrer a inserção de uma cláusula que proíbe o monopólio regional. Em resumo, quem comprar uma unidade de refino no Sul, não poderá adquirir outro equipamento no Nordeste.