Câmara aprova regime tributário Rota 2030

Objetivo é criar uma nova política industrial para o setor com a condição de as empresas investirem na pesquisa e desenvolvimento


Foto: Agência Brasil

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

A Câmara dos Deputados concluiu na noite de ontem, 7, a votação da medida provisória (MP) que cria um novo regime tributário para montadoras de veículos, o chamado Rota 2030.

O objetivo do projeto é criar uma nova política industrial para o setor automotivo com a condição de as empresas investirem na pesquisa e desenvolvimento de projetos sustentáveis.

Enviada pelo Poder Executivo, a MP sofreu alterações na comissão mista, formada por deputados e senadores. No plenário, após aprovarem o texto-base da matéria, os parlamentares aprovaram uma emenda que beneficia os carros movidos a motores flex. A alteração permite reduzir a alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) em até três pontos percentuais. Atualmente, a redução máxima permitida é de dois pontos.

Com Agência Brasil