Domingos Neto quer punir deputados que vazarem áudio sem consentimento do autor

A medida esta sendo pensada depois que uma série de áudios de reuniões internas foram vazadas, ampliando a crise dentro do PSL


Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Depois que uma série de vazamentos de áudios ampliaram a crise interna do PSL, acendeu a luz amarela no Congresso Nacional. O deputado cearense e líder da bancada do estado na Câmara, Domingos Neto (PSD-CE) afirmou que pretende conversar com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para propor um projeto de modificação do regimento interno da casa, criando sanções para o parlamentar que divulgar gravações feitas sem o conhecimento do autor da fala.

“A minha ideia é ter uma medida no Regimento Interno que possa balizar as decisões do Conselho de Ética nesses casos. A despeito das ações que podemos perseguir na Justiça, precisamos de uma medida dentro da casa. Será importante para criar um clima de paz”, afirmou.