Dirceu defende criação de rede de inteligência da esquerda

Célula serviria para contrapor polícias e forças armadas. Também fariam frente às ações dos perfis de direita nas redes sociais


Ex-ministro José Dirceu
Ex-ministro José Dirceu. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O ex-ministro José Dirceu defendeu a criação de uma rede de inteligência para monitorar informações e agir na contraespionagem. Segundo ele, a organização teria de ser formada por militantes de esquerda, integrantes de movimentos sociais, além de pessoas que se identificam com as causas socialistas e comunistas.

A célula serviria para contrapor polícias e forças armadas. Dirceu também ressaltou que faria frente às ações dos perfis de direita nas redes sociais. O nome da entidade: Rede Nacional de Inteligência Cidadã.