Deu no Focus Colloquium: Capitão Wagner é a cara da oposição no Ceará

Em sua trajetória política, o parlamentar já disputou duas vezes o comando da administração municipal. Também foi vereador da Fortaleza, deputado estadual e agora segue em Brasília. Se considera uma "pedra no sapato" dos Ferreira Gomes


Focus Colloquium. Foto: Divulgação Focus

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Principal personagem da oposição, deputado federal mais votado nas últimas eleições e com quase a metade dos votos obtidos na disputa pela Prefeitura de Fortaleza, o Capitão Wagner (Pros) é o entrevistado do Focus Colloquium desta terça-feira, 9, às 21 horas. A mediação do encontro será feita pelo jornalista e editor do Focus, Fábio Campos.

Ativo nas redes sociais, Wagner cruzou os muros dos quartéis da Polícia Militar e ganhou parte da população fortalezense no último pleito, obtendo 624.892 votos – uma diferença de apenas 48 mil votos o separou de José Sarto.

Em sua vida política, Wagner disputou duas vezes o comando da administração de Fortaleza. Também foi vereador da Capital cearense, deputado estadual e agora segue em Brasília.

O parlamentar é conhecido por liderar o movimento (ou motim) dos policiais militares na virada de 2011 para 2012 e por participar das negociações durante os protestos ocorridos em fevereiro de 2020, também envolvendo PMs.

Se considera também uma “pedra no sapato” dos Ferreira Gomes e já disparou críticas recentes ao trio Cid, Ciro e Ivo.

Leia Mais
+Tasso diz que postura do Governo Federal é “desastrosa” e chama Capitão Wagner de “homem bom”
+Capitão Wagner: “Violência não diminui no Ceará porque o próprio Poder tem sido o mecanismo de atuação das facções”