Decisão do pleno do TSE confirma o PROS no palanque do PT no Ceará e Brasil

É a terceira decisão da Justiça eleitoral no mesmo dia que fortalece a dupla Elmano-Camilo e fragiliza seus concorrentes


Ministro Ricardo Lewandowski. Foto: Divulgação.

Decisão oriunda TSE concedeu nesta quarta-feira, 10 de julho, a terceira boa notícia para a aliança encabeçada pelo PT do Ceará. Depois da liminar que tirou o PSDB do palanque de Roberto Cláudio e da decisão que definitivamente devolveu o PP para a aliança com o PT, agora o pleno do TSE confirma a liminar de Ricardo Lewandowski que, na prática, põe o PROS na aliança nacional e estadual com o PT.

Trata-se da questão envolvendo a presidência nacional da sigla. A ala favorável ao PT retomou oficialmente o comando do PROS. Assim, o partido deixa definitivamente a órbita do candidato Capitão Wagner (União Brasil) e passa para o palanque de Elmano Freitas e Camilo Santana.

A decisão foi apertada. O tribunal aprovou a manutenção de Eurípedes Jr. no comando da legenda por 4 votos a 3. O comando da sigla mudou três vezes desde 31 de julho.

Além de Lewandowski, votaram a favor os ministros Alexandre de Moraes, Mauro Campbell Marques e Benedito Gonçalves.

Fábio Campos

Jornalista graduado pela Universidade Federal do Ceará (UFC), foi repórter de política e articulista do O Povo, o mais tradicional veículo de jornalismo impresso do Ceará, onde editou a Coluna Política por 14 anos (1996-2010) e a Coluna Fábio Campos por sete anos (2010-2017). Também foi editorialista do mesmo veículo entre 2013 e 2017. Concomitantemente às funções no jornal, editou o Anuário do Ceará por 15 anos, modernizando o conteúdo e o projeto gráfico da prestigiada publicação. Apresentou o programa Jogo Político na TV O Povo por 12 anos, ancorou o programa Contraponto na TV Cidade (Record), foi comentarista de política na TV Jangadeiro (SBT) e na rádio O Povo/CBN. Em agosto de 2017 iniciou a startup Focus.jor.