De olho em 22, Girão ataca RC e joga com as palavras: leite condensado X leito desmanchado

O senador apontou o valor gasto para montar o hospital de campanha do PV, que durou cinco meses e foi desativado: "Agora, sem dinheiro e sem hospital, a 2ª onda avança. Corrupção mata! Má gestão também". 


Eduardo Girão: senador sobe no octógono e dispara golpes contra RC. 2022 à vista. (Roque de Sá/Agência Senado)

Ao mesmo tempo em que deseja “paz e bem” aos interlocutores e seguidores de suas redes sociais, o senador Eduardo Girão (Pros) se apresenta no octógono político com uma postura bem agressiva em relação aos adversários que escolheu no Ceará.

Para quem conhece a fundo a linguagem da política, Girão está com cara e jeito de quem tem pretensões de maior relevo na disputa para o Governo do Ceará em 2022.

Em seu Twitter, o senador fustigou o ex-prefeito Roberto Cláudio, potencial concorrente ao Governo do Ceará nas próximas eleições. Girão comparou o imbróglio do leite condensado comprado pelo Governo Federal ao “leito desmanchado” com a decisão da gestão de RC de desativar o hospital de campanha montado no estádio Presidente Vargas, “que só funcionou cinco meses” e “custou 90 milhões”.

Girão aproveitou o endurecimento das medidas baixadas por Camilo Santana para bater duro em Roberto Cláudio: “Agora, sem dinheiro e sem hospital, a 2ª onda avança. Corrupção mata! Má gestão também”. 

Não duvidem se RC estiver sentindo saudades de Eunício Oliveira (MDB), que o culpou pela sua derrota em 2018 e, consequentemente, pela vitória de Girão.

Fábio Campos

Jornalista graduado pela Universidade Federal do Ceará (UFC), foi repórter de política e articulista do O Povo, o mais tradicional veículo de jornalismo impresso do Ceará, onde editou a Coluna Política por 14 anos (1996-2010) e a Coluna Fábio Campos por sete anos (2010-2017). Também foi editorialista do mesmo veículo entre 2013 e 2017. Concomitantemente às funções no jornal, editou o Anuário do Ceará por 15 anos, modernizando o conteúdo e o projeto gráfico da prestigiada publicação. Apresentou o programa Jogo Político na TV O Povo por 12 anos, ancorou o programa Contraponto na TV Cidade (Record), foi comentarista de política na TV Jangadeiro (SBT) e na rádio O Povo/CBN. Em agosto de 2017 iniciou a startup Focus.jor.