Conduta de Favreto, Gebran e Moro serão apuradas pelo CNJ

O Corregedor Nacional de Justiça, João Otávio Noronha, determinou a abertura de procedimento. Todos os procedimentos anteriormente apresentados serão sobrestados e apensados ao Procedimento determinado pelo Corregedor.


Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Como se podia prever, toda a contenta do TRF4 no último domingo iria acabar no Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Nesta terça-feira, 10, o Corregedor Nacional de Justiça, João Otávio Noronha, determinou a abertura de procedimento para apurar as condutas do Desembargador Rogério Favreto e do Desembargador João Pedro Gebran Neto, ambos do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), e do Juiz Sérgio Moro. Todos os procedimentos anteriormente apresentados serão sobrestados e apensados ao Procedimento determinado pelo Corregedor. A apuração realizada pela Corregedoria Geral tratará do conjunto dos fatos.