COVID-19: Entenda quando uma pessoa deixa de ser contagiosa

Desde que o Sars-Cov-2 foi detectado na China em dezembro passado, várias equipes científicas têm investigado o período de incubação do novo coronavírus


Foto: Reuters/Dado Ruvic.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Mesmo muito depois de os sintomas da pessoa infectada já terem desaparecido, muitos vírus continuam a se espalhar. É o caso do novo coronavírus, pode continuar sendo contagioso mesmo depois dos sintomas terem sumido.

Desde que o Sars-Cov-2 foi detectado na China em dezembro passado, várias equipes científicas têm investigado o período de incubação do novo coronavírus — ou seja, quanto tempo o vírus fica no corpo.

Um desses estudos, conduzido por pesquisadores da universidade Johns Hopkins, nos Estados unidos, e publicado no jornal científico Annals of Internal Medicine em maio, estimou que o período médio de incubação para o novo coronavírus é de 5,1 dias.

Mas esse é o período médio — pode ser maior ou menor, dependendo do organismo da pessoa. Sabe-se que a maioria (97,5%) dos infectados que desenvolvem sintomas o fazem antes de chegar aos 11,5 dias desde o momento em que uma pessoa foi exposta ao vírus pelo nariz ou pela boca, segundo o estudo.