Coronavírus: Camilo faz apelo para que população não saia de casa nos próximos quatro dias e que comércio não funcione

"Todos permaneçam em casa nos próximos quatro dias. Que o comércio não funcione, que as academias não funcionem. As escolas estão suspensas. Que todos procurem evitar sair de casa. Saiam em extrema necessidade, urgência. A única forma que temos de minimizar, mitigar é o isolamento social", ressaltou o governador


Coronavírus. Foto: Freepik

Equipe Focus.Jor
focus@focus.jor.br

O governador Camilo Santana fez um apelo em transmissão realizada hoje, 17, em seu Facebook, para que o comércio não funcione nos próximos quatro dias, a contar do feriado de São José (19 de março) até domingo (22).

“Todos permaneçam em casa nos próximos quatro dias. Que o comércio não funcione, que as academias não funcionem. As escolas estão suspensas. Que todos procurem evitar sair de casa. Saiam em extrema necessidade, urgência. A única forma que temos de minimizar, mitigar é o isolamento social. Faço esse apelo, recomendação ao comércio, setor produtivo, nesse momento, somados esforços, no sentido que possa combater esse momento difícil”. “Esses quatro não são férias. É dia que as pessoas fiquem em casa e se isolem”, pontua.

O governador também ressaltou que 10 mil kits de teste rápido para avaliar a incidência do coronavírus serão adquiridos. Outra medida anunciada foi a requisição de 100 mil máscaras e 400 mil litros de álcool em gel para atender a população nos equipamentos públicos de saúde, garantindo os insumos.

Leia Mais
+Líder do Governo na Assembleia testa positivo coronavírus; Sarto suspende atividades
+Exame de General Heleno testa positivo para coronavírus
+TAP suspende voos para Fortaleza a partir de quinta-feira, 19
+EUA, China e Israel estão na disputa para desenvolver vacina contra coronavírus
+Girão pede remanejamento de R$ 2 mi das emendas de bancada para combater coronavírus no CE
+Coronavírus: Roberto Cláudio decreta situação de emergência em Fortaleza
+Exame de Ciro dá negativo para coronavírus
+Urgente: Ivo Gomes relata 1º caso de Covid-19 em Sobral
+Descumprir quarentena de coronavírus poderá levar a prisão, determina Moro
+TJCE decreta ponto facultativo por causa do Covid19
+Coronavírus, advocacia e o judiciário brasileiro. Por Frederico Cortez
+Por coronavírus, TJCE suspende atendimento presencial e audiências pelo prazo de 30 dias