Com investimento de R$ 70 milhões, Betânia inaugura fábrica de leite em pó em Morada Nova

Construída em uma área de 5 mil m² dentro do seu complexo industrial, a nova estrutura terá capacidade de processamento de leite em 200 mil litros por dia


Com investimento de R$ 70 milhões, Betânia inaugura fábrica de leite em pó em Morada Nova. Foto: divulgação

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

A Betânia Lácteos inaugurou a primeira fábrica de leite em pó do Ceará, em Morada Nova. Construída em uma área de 5 mil m² dentro do seu complexo industrial, a nova estrutura contou com investimento de R$ 70 milhões e terá capacidade de processamento de leite em 200 mil litros por dia.

A inauguração da fábrica havia sido anunciada pelo secretário do Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Maia Jr., em entrevista ao Focus Colloquium.

Na ocasião, Maia explicou que a unidade produtiva foi “desviada” da Bahia. “Ela estava na porta (do Estado). Desenvolvimento econômico tem muito da credibilidade, infraestrutura e planejamento de negócios. Quando soube do assunto, liguei para o Jorge Parente e falei: que é isso? Vai levar para a Bahia? Falei para conversarmos. Na mesa conseguimos”, ressaltou.

União de operações

Outro importante passo para a Betânia é a união com a mineira Embaré. O objetivo é ganhar terreno no segmento lácteo do Brasil.

De acordo com o Valor, a união das companhias vai formar uma empresa com faturamento de mais de R$ 3 bilhões por ano. A tendência é disputar terreno com a suíça Nestlé.

A liderança entre as companhias é da Laticínios Bela Vista, dona da Piracanjuba.

A transação está sendo conduzida pelo fundo private equity Arlon, que comprou em 2017 cerca de 20% da participação societária da Betânia.