Com gestão de referência em Caucaia, Valim se antecipa e declara apoio a Izolda

A declaração a favor de Izolda por parte do prefeito da segunda maior cidade do Ceará, com grande influência na RMF, mostra que a governadora atrai forças políticas externas ao PDT que vão muito além do petismo.


A vitória do então deputado estadual Vítor Valim em Caucaia foi a grande supresa das eleições nunicipais de 2020. Na reta final, atropelou e venceu a disputa na segunda maior cidade do Ceará. Pouco tempo depois, no cotidiano da gestão, entendeu-se que aquela virada trouxe consigo um significado político mais relevante do que poderia imaginar o mais atento observador.

Caucaia tem o terceiro maior orçamento do Estado. Menor apenas que o orçamento do Estado e o da Capital. Possui um imenso território no qual está encravado a mais importante infraestrutura econômica do Ceará, o Complexo Industrial e Portuário do Pecém. Seu litoral, a coloca como uma potência turística. Sua localização, dá-lhe importância comercial.

Não são fatos novos. Tais características já são velhas conhecidas. A diferença que agora se evidencia é a qualidade da gestão de Vítor Valim à frente da Prefeitura. Após uma longa sequência de gestões desastrosas, há hoje notórias evidências de que a cidade está sendo dirigida com inteligência técnica e política.

Noutro momento, trataremos de aspectos da gestão. Do ponto de vista da política, o prefeito dirige sua trajetória na busca do objetivo que mais importa: a própria gestão. Raro entre nós, é a compreensão de que a qualidade da gestão é que define a qualidade do político. É a gestão que estabelece o político de referência. Jamais o contrário.

Valim elegeu-se pelo insignificante Pros e logo entendeu que o melhor era ficar sem partido (por enquanto), valorizar a independência e ampliar o máximo possível o leque de conversas com as mais diversas forças políticas.

Eleito com um tom de oposição, Valim entendeu que prefeito não faz oposição. Prefeito gere.É essa a sua obrigação premente. Tal atitude permitiu que arestas políticas oriundas de seu tempo como parlamentar perdessem o peso e não influenciassem o cotidiano da gestão.

Não foi à toa que o espírito desarmado permitiu prosperar o diálogo administrativo de Caucaia com instâncias fundamentais para a gestão da cidade, como os governos estadual e federal. Evidentemente que tal postura de cooperação administrativa mútua garantiu o fluxo de projetos de interesse da cidade. E são muitos.

No entanto, em ano de eleição gerais a realidade e as demandas políticas se impõem. Livre de amarras, Valin avaliou que deveria antecipar sua posição em relação à disputa que se avizinha.

Errou feio quem imaginou que sua opção seria pela via da oposição. Para surpresa de muitos, o prefeito externou seu ponto de vista de forma clara e, considerando o momento, de forma corajosa. Afinal, ao marcar posição, opta por uma pré-candidatura que, por sua natureza “pré”, pode nem sequer se concretizar.

Valim declarou apoio à pré-candidatura da governadora Izolda Cela (PDT). No vídeo abaixo, a fala do prefeito, durante uma vista à Assembleia Legislativa, não deixa dúvidas quanto à sua posição. Detalhe: a defesa do ponto de vista é feita sem que seja necessário criticar qualquer outro postulante.

Não há dúvidas quanto ao peso político do fato. Um dos maiores problemas da aliança governista é justamente a Região Metropolitana de Fortaleza.

Fábio Campos

Jornalista graduado pela Universidade Federal do Ceará (UFC), foi repórter de política e articulista do O Povo, o mais tradicional veículo de jornalismo impresso do Ceará, onde editou a Coluna Política por 14 anos (1996-2010) e a Coluna Fábio Campos por sete anos (2010-2017). Também foi editorialista do mesmo veículo entre 2013 e 2017. Concomitantemente às funções no jornal, editou o Anuário do Ceará por 15 anos, modernizando o conteúdo e o projeto gráfico da prestigiada publicação. Apresentou o programa Jogo Político na TV O Povo por 12 anos, ancorou o programa Contraponto na TV Cidade (Record), foi comentarista de política na TV Jangadeiro (SBT) e na rádio O Povo/CBN. Em agosto de 2017 iniciou a startup Focus.jor.