CNMP deve investigar Dallagnol

Segundo o conselheiro Luiz Fernando Bandeira de Mello, "em primeiro lugar, precisamos verificar se o conteúdo (das mensagens divulgadas) é verdadeiro. Caso isso se confirme, o CNMP não pode deixar de examinar o assunto."


Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Informações da jornalista Mônica Bergamo, da Folha, mostram que o CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público), que fiscaliza as atividades de promotores e procuradores, deve abrir procedimento para apurar sobre a conduta do procurador Deltan Dallagnol e outros membros do MPF que trocaram mensagens agora reveladas pelo site The Intercept Brasil.

Segundo o conselheiro Luiz Fernando Bandeira de Mello, “em primeiro lugar, precisamos verificar se o conteúdo (das mensagens divulgadas) é verdadeiro. Caso isso se confirme, o CNMP não pode deixar de examinar o assunto.”

Entre as irregularidades que as mensagens revelariam estaria a adoção de estratégias, por parte dos procuradores, para manter o processo de Lula com eles. Pela lei, procuradores não podem conduzir investigações para manter os processos em suas mãos pois isso violaria o princípio do promotor natural.