Ciro: “o ato final desta tragicomédia será mesmo a não candidatura de Bolsonaro”

Em seu Twitter, o pedetista acredita que forças diversas estão impondo ao chefe do Executivo uma cassação lenta e irreversível


Ciro Gomes. Foto: Reprodução

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O ex-governador do Ceará, Ciro Gomes, comparou o Governo Bolsonaro com a gestão do ex-presidente Fernando Collor. Em seu Twitter, o pedetista acredita que forças diversas estão impondo ao chefe do Executivo uma cassação lenta e irreversível.

“Não será surpresa se na ampla mudança no ministério que virá, Bolsonaro tente camuflar a capitulação final alardeando, como fez Collor, um ‘ministério de notáveis’. Será a tragédia se repetindo como comédia”, destacou.

Na sequência, fez um prognóstico: “Mas o ato final desta tragicomédia será mesmo a não candidatura de Bolsonaro. Destruído político e fisicamente, sem nenhuma chance eleitoral, o destroçado presidente teria, assim, seus direitos políticos simbolicamente cassados pela sociedade.”