Cid e Prisco deixam vaga para Julinho Ventura assumir cadeira de senador

Cid Gomes deixa temporariamente o Senado para se dedicar às campanhas do PDT no Ceará. As licenças são de quatro meses e por motivações particulares. Portanto, sem direito aos salários. 


O senador Cid Gomes ao lados dos suplentes Prisco e Ventura: todo mundo tendo vez. Foto: Balada In.

Segundo suplente de Cid Gomes (PDT) no Senado, o empresário Júlio Ventura assume amanhã a cadeira de senador pelo período da nova licença do titular. Cid já havia se licenciado entre novembro e fevereiro passado, quando a vaga foi ocupada por Prisco Bezerra, o 1º suplente. Desta vez, o irmão do prefeito Roberto Cláudio não vai assumir devido às suas responsabilidades como coordenador da campanha de José Sarto (PDT), em Fortaleza.

Cid Gomes deixa temporariamente o Senado para se dedicar às campanhas do PDT no Ceará. As licenças são de quatro meses e por motivações particulares. Portanto, sem direito aos salários.

Fábio Campos

Jornalista graduado pela Universidade Federal do Ceará (UFC), foi repórter de política e articulista do O Povo, o mais tradicional veículo de jornalismo impresso do Ceará, onde editou a Coluna Política por 14 anos (1996-2010) e a Coluna Fábio Campos por sete anos (2010-2017). Também foi editorialista do mesmo veículo entre 2013 e 2017. Concomitantemente às funções no jornal, editou o Anuário do Ceará por 15 anos, modernizando o conteúdo e o projeto gráfico da prestigiada publicação. Apresentou o programa Jogo Político na TV O Povo por 12 anos, ancorou o programa Contraponto na TV Cidade (Record), foi comentarista de política na TV Jangadeiro (SBT) e na rádio O Povo/CBN. Em agosto de 2017 iniciou a startup Focus.jor.